porquê o minimalismo?

minimalismo 02

Porque é que um blog sobre o ambiente vai dedicar um mês inteiro ao minimalismo? Porque o minimalismo, apesar de ser o tema da moda, na sua essência defende princípios e estilos de vida sustentáveis e altamente conscientes.

Infelizmente, o modelo de vida da nossa sociedade está longe de ser sustentável: se todos os países tivessem a mesma pegada ecológica que nós, seriam necessários 2,3 planetas para sustentar o nosso estilo de vida.

Mas o consumo não é o problema. O problema é o consumo desenfreado. O problema é a nossa incapacidade em percebermos que as nossas escolhas afetam o planeta, a biodiversidade e a vida de muitas populações de países menos desenvolvidos. O problema é ninguém se importar.

A filosofia minimalista faz-nos questionar o valor das coisas na nossa vida. Faz-nos repensar os nossos hábitos de consumo e traz-nos uma maior clareza sobre a responsabilidade que temos pelo planeta em que vivemos.

“O minimalismo é aquilo que nos leva através das coisas, para que possamos arranjar espaço para as coisas importantes da vida – que na verdade nem sequer são coisas” – The Minimalists

Todos precisamos de bens materiais. É errado pensarmos que conseguimos viver desligados do mercado. Mas se comprarmos apenas aquilo que acrescenta valor à nossa vida, tudo o que possuímos serve um propósito, deixando pelo caminho tudo o que é acessório: assim, podemos focar-nos nas coisas que realmente importam na vida e naquilo que nos acrescenta valor enquanto pessoas.

A filosofia minimalista, apesar das leviandades que a moda dos últimos anos trouxe, faz-nos repensar os nossos hábitos de consumo e promove um modelo de vida mais sustentável e consciente.

Porque as melhores coisas da vida não são coisas.

#setembrominimalista é o primeiro mês dedicado em exclusivo a um único tema: o minimalismo.

 

logo - âncora verde

Deixar uma resposta