Moda: Ética, Sustentável ou Consciente?

DSC_0004_01

Moda ética, moda sustentável e moda consciente. Se estes conceitos vos parecem confusos e não percebem bem qual a diferença entre eles, não se preocupem: é normal e eu vou trocar-vos tudo por miúdos.

Mas antes de percebermos o que os difere, comecemos pelo ponto que têm em comum: todos se opõem à forma de atuação da indústria da moda e lutam contra a chamada moda rápida (fast fashion).

MODA ÉTICA

Não existe uma definição global amplamente aceite de “moda ética”. Isto porque o próprio conceito de “ética” é algo difuso e depende sempre do ponto de vista do sujeito que está a analisar determinada situação.

Ainda assim, a moda ética por ser definida como uma moda que tem em consideração os direitos humanos, as condições de vida e de trabalho de todos os envolvidos no processo de confeção das nossas roupas. Isto significa que as marcas estão preocupadas em ter uma abordagem de recursos, design e fabricação de peças que potencialize os benefícios para as pessoas e as comunidades.

Práticas englobadas neste conceito:

  • Comércio justo
  • Empregar grupos mais desfavorecidos da sociedade (mulheres, minorias étnicas, …)
  • Feito sem componentes animais
  • Feito à mão
  • Apoio a obras sociais através da doação de parte dos lucros das empresas
  • Pagar salários justos aos trabalhadores
  • Transparência no processo de produção
  • Revelar políticas de trabalho

No fundo, a moda ética preocupa-se com a cadeia de produção, procurando garantir melhores condições de trabalho, mais justas e mais seguras. Promove a transparência da indústria e o respeito pelo trabalhador.

MODA SUSTENTÁVEL

A moda sustentável é vulgarmente conhecida como moda ecológica, ou eco fashion. Nesta vertente, a preocupação é maioritariamente ambiental e é dada especial relevância aos impactos que os processos de produção possuem no meio ambiente e nos nossos ecossistemas. Isso inclui preocupações ao nível da utilização de pesticidas no cultivo de algodão e de outros tecidos naturais e sustentáveis, dos corantes utilizados para formar as cores, do tratamento de água e resíduos, da energia gasta, do uso de materiais reciclados e, por vezes, mesmo das embalagens.

As marcas de moda sustentável preocupam-se com a sua pegada ambiental e adotam medidas que lhes permitam diminuir o seu impacto ambiental.

Práticas englobadas neste conceito:

  • Cultivo de matérias primas (ex. algodão, linho) em modo de produção biológico
  • Utilização de fibras mais amigas do ambiente, como algodão orgânico, cânhamo, linho, entre outros (preferencialmente certificadas)
  • Utilização de tecidos reciclados
  • Utilização de corantes naturais
  • Upcycling de materiais e peças
  • Utilização de colas menos tóxicas
  • Aposta na Slow Fashion, através da produção de peças feitas para durar muito tempo

Basicamente, a moda sustentável privilegia processos e matérias primas mais amigas do ambiente, apoia a reutilização de materiais e promove um consumo de moda lento.

MODA CONSCIENTE

A moda consciente quem a faz é o consumidor. Ela até pode ser ética e sustentável, mas se nós não formos conscientes, o nosso modo de consumo pode anular muitas das suas mais valias.

Apesar de parecer um conceito muito filosófico, a moda consciente não é mais que a forma como nós consumimos. Significa sermos conscientes em todas as nossas compras, procurando perceber de onde vem a peça, como foi produzida, que materiais foram utilizados, como foram as condições de trabalho de quem as produziu. Significa privilegiarmos produtos éticos e sustentáveis, feitos à mão e por pequenos artesãos.

Moda consciente é a nossa escolha. É a exigência de peças feitas de maneira justa e ética.

Os consumidores conscientes procuram peças de qualidade superior, onde a durabilidade é um ponto chave. Evitam o descarte rápido e procuram arranjar, trocar ou doar as suas peças, em vez de as deitarem fora.

De forma resumida temos o seguinte:

Moda Ética – diz respeito aos direitos humanos

Moda Sustentável – diz respeito ao meio ambiente

Moda Consciente – diz respeito ao consumo consciente

É claro que para mim, nenhum dos conceitos pode viver sem os outros, e devemos tentar sempre atender aos três.

Qualquer dúvida ou questão, deixem pf. nos comentários ou enviem-me um email para ancora@ancoraverde.pt

 

logo - âncora verde

One thought on “Moda: Ética, Sustentável ou Consciente?

Deixar uma resposta